sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

domingo, 11 de dezembro de 2011

Pois, e estar sozinha ao domingo ainda torna a coisa pior!

eating eating because i'm bored
Há dias em que não me importo nada de estar sozinha, mas há outros em que me apetece tudo menos estar aqui em casa, sozinha com planos tão interessantes como passar a ferro e organizar as aulas. Como sei que há chocolates no armário, não descanso enquanto não  realizar o meu desejo de açúcar!
Ainda se fosse TPM, percebia. Assim, só me dá para ficar deprimidaTriste

domingo, 6 de novembro de 2011

Pois, pois…vamos ver!

hardest part

Acredito que no meu caso, o sentimento de bem-estar é sempre maior quanto maior é a minha pouca vontade de sair de casa!


workout
Sinto-me ótima depois de ter andado/ corrido 45 minutos ao som de música nova, portanto parece que a vontade era menos que zero. Agora banho, almoço e depois compras!


Tenho é de tentar seguir este desafio, para não haver distrações e continuar focada nos objetivos, que por vezes me parecem desfocados tal é o pouco entusiasmo que por vezes me ataca!


imagens daqui.

Move...

via
Não me apetece nada - estou tão bem aqui em casa no quentinho aqui no computador a pensar no que tenho para fazer- , mas ficar no sofá nem sequer é decisão possível. 
Acabei de atualizar a minha linha das músicas do jogging*, por isso são só motivos mais que válidos para ir.  

JÁ!

*Procurei no google músicas com a indicação dos bpm (beats/batimentos por minuto), porque quanto mais aceleradas forem as músicas melhor!

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Estalar os dedos e…pois, milagres não há!

we are what we eatwhat you eat
Cá por casa não se come fast food, mas tenta-se comer barato e que não dê muito trabalho, mas há dias em que me apetece estalar os dedos e ficar giraça e magrinha de repente. Pois, isso nunca vai acontecer, por isso posso é ter mais cuidado e preparar comidas mais light. O pior é que se é light há sempre a tendência para se comer um bocadinho demais.

Por exemplo, hoje fiz um bolo de chocolate absolutamente light que leva beterraba e ficou maravilhoso! Pouco doce e com uma textura ótima. É aquele tipo de bolo que acompanha lindamente com uma chávena de chá ou até mesmo com uma ginjinha. Humm…delícia!

(e amanhã a ver se não está a chover para poder ir queimar estas calorias todas…!)

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Tem de se tornar uma rotina!

exercise is part of your routine
via
log out, go run
via



Depois da caminhada de uma hora de ontem (na companhia da minha sogra), hoje vou ficar entregue à minha música. Tenho a certeza que caminhar com companhia é muito melhor, mas todos os dias é completamente impossível, por isso toca a mexer!
Tomei o pequeno-almoço enquanto despertava e agora just do it! Sem pensar muito, porque senão já sei que há uma lista de desculpas

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

I deserve to be healthy!

via
Hoje acordei com vontade de ação! Tenho uma série de coisas para fazer e já recebi um convite querido para almoçar, mas agora e antes de começar a fazer o que quero, vou correr (será mais caminhada, mas é o que se arranja)!

Até já...

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Do gosto pela comida

via
Realmente às vezes gostava de não gostar tanto de comer. Gosto tanto do prazer de estar à mesa a saborear a comida e se possível com companhia, que a 'desculpa' para ser assim rechonchuda está bem de ver qual é! Sou boa boca e só tenho a 'agradecer' à genética, e se isso me faz melhor pessoa tanto melhor :)

[Era gostar menos de comer e mais de fazer exercício. Isso é que tinha sido uma genética porreira! A parte da comida ainda vou conseguindo contrariar, mas a parte do exercício são mais os dias não, do que os dias sim...infelizmente! ]  

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Mais logo? Será?

via
A ver se hoje consigo ir dar uma volta por aqui. Ai...é mais uma tarefa a riscar da minha lista!

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Do cérebro à boca a viagem é curta!

via
Realmente é mesmo isto, por isso é que muitas vezes como mais do que devia...Embora esteja em modo de controlar a boca! 
E agora ando com imensa vontade de experimentar o bootcamp! O marido já me disse que é o maior apoiante! Vamos lá ver se os planos se concretizam mesmo!

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Quando a fartura é muita...

via
Ontem foi dia de batizado e havia fartura de tudo, o que me tirou a vontade de comer. 
E hoje até me soube melhor uma garfada de bolo de cenoura!

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

I'm not sure, but I know I shouldn't

Não devia, isso de certeza absoluta, mas o marido de vez em quando lembra-se de comer à sobremesa crepes recheados com leite condensado cozido, ou então faz pão de brioche com pepitas de chocolate... ai, que isto é a minha desgraça...
E quando vamos sair, como eu não gosto de café, quando há, bebo sempre aqueles cafés com leite condensado...mea culpa. Assumo-me como um bocadinho gulosa.

Eu tento não abusar, e para além disso tenho tido mesmo menos fome. Tudo em bom Menos mal, portanto!
A dona balança indica que já perdi quase dois quilos desde que regressei da Alemanha, o que é muito bom!

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Praiando


Não sei se é das reflexões na praia ou se é do sol na moleirinha, mas a verdade é que andando a passear no areal dá-me sempre vontade de me aplicar na dieta. 
Estando de férias como menos - não me preocupo mais, a razão é simples, tenho mesmo menos fome; como melhor - saladinhas e tal para poder andar nos mergulhos a toda a hora; não tenho tanta vontade de prevaricar - uma morangoska também não faz assim tantos estragos, certo?

Eu devia era vir à praia também no inverno para me motivar para este objetivo!

sábado, 20 de agosto de 2011

So much more


Quem olha para mim vê uma parte de mim. A parte física que é o que está à vista, mas sou muito mais que isso. 
E se não me preocupo com a parte física tanto quanto devia é porque a parte de mim que não está à vista me deixa feliz!

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Passeando na rua de trás

17082011437
Na sequência disto aqui e porque já estava a ficar com a neura, decidi que tinha de ir apanhar ar! E nada melhor do que ir dar uma volta a pé pelo bairro. Eu vivo na ‘província’, por isso é giro andar por estradas onde não há mais nada que pó, a ouvir os passarinhos e a sentir o frio do fim de tarde a arrepiar-me os pelos dos braços!
Para a próxima, a volta tem é de ser maior e tenho de sair de casa mais cedo. A cabeça veio mais descansada e o máquina que me bate dentro do peito agradeceu a viagem!
O meu podómetro está sem pilha, por isso não faço ideia quanto é que andei, mas sei que foi meia hora bem medida. Este fim de dia agora até me sabe melhor!
Não sei porque é que não me habituo a isto. (Acho que se chama preguiça!)

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Ups...verdade nua e crua!

Anda uma pessoa há anos a dizer que vai fazer dieta - e faz. E funciona. Pelo menos durante uns tempos - para se sentir ainda melhor com o corpo que tem e depois percebe que esta batalha vai durar para sempre... que frustração!
Mas de entre as várias coisas que não gosto tanto em mim, fico contentíssima quando percebo que o cérebro não é uma delas. Valha-me isso! :)

P.S. - a ligação entre a frustração que sinto muitas vezes e o que orgulho que tenho por ter esta cabeça existe quando podia afundar-me em pensamentos negativos e ficar depré, mas não. Gosto muito de mim de uma forma geral, da pessoa que sou e acho que sou muito mais que o aspeto físico, se bem que até esse não seja assim tão mau :)

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Good news


Não sei se será bem por este motivo (apesar de até ter uns vestidinhos giros de verão), só sei que um quilo já desapareceu ;)!
E só recomecei a correr hoje depois de alguns dias de praia e de 'des'rotina. 
Soube-me lindamente e parece-me que vou repetir no mesmo sítio!

quinta-feira, 21 de julho de 2011

É que é tudo a ajudar... ou então não...

As coisas já não estão famosas no que toca a vontade, disciplina e afins e os pais dos meus alunos ainda me pagam gelados e oferecem-me estas coisas!

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Devia ser, mas não é!


Eu sei que é sexy. Eu sei que é isto que quero. 

Também sei que não me tenho esforçado o suficiente, nem nada que se pareça.
As asneiras continuam, os convites têm sido irrecusáveis e a força de vontade anda pelas ruas da amargura! 
A TPM também não ajuda e os poucos dias que faltam para o regresso dão conta do resto!

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Mais uma voltinha, mais uma viagem

are you running todayAcho que a luta constante na minha mente (vou? ou não vou?; como? ou não como?) está a diminuir de fôlego e a pender mais vezes para o equilíbrio positivo. E fazendo exercício isso acontece mais depressa!

Há que dizer que nestes últimos dois dias o tempo tem estado péssimo com tudo o que vem incluído em dias de inverno (em julho! Ainda se estivesse num país tropical do hemisfério sul, mas não é o caso...): chuva, vento, frio e pouca vontade de sair de casa. Só para as aulas e pouco mais. Então para ginasticar está bem, está. Depois do ioga na segunda feira, ainda não tinha feito mais nada e hoje já é 5ª, mas olhei pela janela e 'naaaaa....vou amanhã'!

Hoje que vinha no comboio para casa a pensar em me esticar na cama com o pc no colo. Entretanto pus-me a pensar no jantar. Apetecia-me comida asiática, que há num restaurante de take away mesmo à saída da estação. Escolhi, paguei e vim para casa, já a pensar em ficar por aqui.

Mas a vontade de ir correr ganhou vida própria... e tive de ir mesmo.

Foram menos quarenta minutos que estive sentada com o rabo na cadeira e que me fizeram lindamente pela disposição!

Dias de festa


Nesta coisa da dieta, irrita-me a facilidade com que começo a fazer asneiras. Principalmente em dias que se tornam dias de festa. As primeiras vezes nem me sinto culpada, nem nada... vou cedendo aos poucos e no fim fico irritada com a minha falta de espírito de sacrifício!

Dias de festa são dias de festa, certo? Mas os últimos dias nem era suposto serem dia de festa!

A segunda feira começou lindamente. Acordei cheia de energia e fui ao ioga e vim de lá com uma sensação muito boa de estar a trabalhar à séria para o meu bem estar. Essa sensação foi-se dissipando à medida que as dores musculares se foram acentuando. Se já me doíam as pernas por causa do fim de semana (claro, depois da Zumba no sábado e de 6 quilómetros no domingo o que é que eu esperava?), ficou a doer-me tudo. Os braços, os abdominais, as pernas em vários sítios... 
No ioga eu só pensava insiste...insiste...insiste que isso passa. E consegui fazer os exercícios todos, à exceção de um em que ficamos com o corpo esticado como uma prancha (à semelhança de quando fazemos flexões, mas aqui estamos de lado) e temos de nos apoiar nos pés e só num braço. Os meus pulsos não aguentam...

Segunda feira à tarde depois do banho andei quase a arrastar-me. Foi um dia difícil fisicamente! Sentia-me completamente partida até ao último músculo.
Emocionalmente também não foi melhor! Senti-me acarinhada pelos meus alunos e pelos pais deles que me 'obrigaram' a comer um gelado que nem me apetecia muito, mas se é para a despedida, então seja!

E terminei a noite da melhor forma possível, mas com asneiras para a dieta! Jantar à maneira (lombinhos de porco fritos - só 1 -, batatas assadas no forno com alecrim, cogumelos salteados com bacon e salada. Tentei comer mais salada que tudo o resto! Para entrada queijo creme com pedacinhos de salmão fumado e aneto - aqui abusei, mas estava a saber-me tão bem e era tão fresco!) acompanhado de uma caipirinha, a terminar com morangos e um cappuccino!

Nas outras refeições tenho tentado comer de forma mais equilibrada, mas esta ansiedade por causa do regresso anda a consumir-me...


PS - Obrigada à Rita por ser a minha primeira 'fã' :)

domingo, 10 de julho de 2011

Dia 1

Pois que depois de ter ontem uma conversa altamente motivadora com a Marianne - Obrigada, querida! - hoje saí da cama decidida a fazer-me à vida e pôr pernas ao caminho!
via
Então hoje já conto com uma caminhada/ jogging de 3 quilómetros em meia hora. Não sei quanto é que corri, mas parece-me deve ter sido num rácio de 50/50. Fui intervalando corrida em passo lento - obviamente, porque não queria 'morrer' logo no primeiro dia - com caminhada e posso dizer que não me apeteceu vomitar, nem gritar, nem desmaiar, nem nada disso.
Ia apontando locais no percurso para recomeçar a correr ou a andar e isso motiva-me. 'Tenho de chegar ali' e chego. E depois é só mais um bocadinho...
Quando cheguei a casa, vinha cheia de energia e fui-me pôr a lavar e a arrumar a loiça. 
Salada fresca preparada para o almoço - agrião, cenoura ralada, beterraba, uma fatia de queijo brie e uma lasca de queijo feta, uma fatia de fiambre - e depois 60 abdominais e os benditos alongamentos.
Almoço e banho.

Agora segue-se mais uma caminhada de 3 quilómetros até ao estádio onde é o jogo do Porto. Podia ir de boleia, mas tenho de ser coerente, certo?

O objetivo está à vista

Sentir-me melhor na minha pele e no meu corpo. 
Sei que para o atingir, vou passar por várias fases, vários mini-objetivos e vários passos. E se costumo funcionar por objetivos, porque não focar-me no que é importante para mim e para a minha saúde?
E sei que se documentar os progressos e se me 'obrigar' a escrever sobre isso será mais fácil!
via


Por agora, quero pensar que vou conseguir:

  • voltar a vestir o 40
  • voltar a pesar 70 quilos
Tenho de querer todos os dias que estes objetivos se realizem. E vou querer!